Início > Uncategorized > Coluna volta pra Minas Gerais e chega a Divinópolis

Coluna volta pra Minas Gerais e chega a Divinópolis

Por Talles Lopes (Coletivo Goma)

Depois de dois dias em São Paulo, e mais de 12 horas de ônibus, a coluna volta a Minas Gerais, aportando na cidade de Divinópolis. Lucas Mortiner, do coletivo Pegada de BH, nos pegou na rodoviária, e se juntou a coluna com seu celta preto que passou a ser nosso meio de deslocamento a partir deste momento. Em Divinopolis,a rede estava conectada com o coletivo Anti-herói, que articulou o nosso encontro e mobilizou outras agentes culturais da cidade como o ponto de cultura de Divinópolis.

Chegamos às 19h e já fomos direto para o local do encontro, que estava marcado justamente para este horário. Fomos recebidos pelo Walley e os demais membros do Anti-herói e já iniciamos nosso debate. Num primeiro momento, seguimos o roteiro de apresentação do Fora do Eixo Minas e do Circuito Fora do Eixo, apontando as características da rede, e apresentando o nosso planejamento para 2010, já buscando linkar este planejamento com a perspectiva de atuação da cidade de Divinópolis.

A partir disso, abrimos o debate para compreendermos a realidade local e buscar formas de conexão entre as ações do circuito e dos agentes locais, buscando identificar as dificuldades principais que impossibilitaram que até este momento Divinópolis trabalhasse de forma mais integrada com as plataformas que estamos desenvolvendo. Neste momento, os representantes do coletivo local enfocaram a sua dificuldade de articulação local, carência de mão de obra e resistência dos artistas a compreender este novo momento da cultura brasileira. Os representantes do ponto de cultura local fizeram uma breve apresentação das atividades que vêm realizando, e se mostraram muito interessados em participar ativamente do trabalho realizado pelo Circuito.

Aura, banda parceira do Coletivo Anti Herói – myspace.com/auraindie

Os membros do coletivo anti-héroi fizeram várias pontuações sobre os problemas que enfrentaram nos últimos anos, e diante destes problemas e dificuldades os próprios membros do Anti-herói definiram que neste momento seria necessário um processo de formação destes novos agentes, para que o coletivo pudesse se reestruturar a partir de um novo ponto zero. Para isso, o melhor caminho seria dar um passo atrás, aceitar uma desadesão nacional e reiniciar um trabalho articulado inicialmente a rede estadual, para a partir daí criar musculatura e entendimento para enfrentar os desafios e compromissos que um ponto nacional exigem.

Esta auto-crítica local, a partir do debate com a coluna, deixou-nos estimulados pra seguir a viagem, sabendo que a partir daquele momento a cena de Divinópolis criava um campo para renascer e, a partir deste renascimento, se transformar em uma nova referência para a música independente mineira.

Depois deste encontro, e com todos muito estimulados com este novo momento, comemos algo rapidamente e já pegamos a estrada em direção a Belo Horizonte, que passaria a ser nosso ponto a partir de agora, para rodarmos pelas cidades da região metropolitana e encerrarmos as atividades da coluna na própria capital. Beatles no som, uma linda lua no céu e a certeza de que a coluna seguia adiante, deixando pra trás um novo tempo de esperança. Que venha Sabará, Itabirito, Vespasiano e BH….

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: